Abrir seu primeiro negócio pode ser incrivelmente intimidador. As responsabilidades legais, o medo de quebrar e o medo de não atingir o sucesso estão entre as principais razões das pessoas não conseguirem ter a coragem necessária para dar o próximo passo.

Para tentar remediar esse problema nós separamos 10 dicas para quem quer abrir seu primeiro negócio. Com essas dicas certamente você estará no caminho correto para começar a conquistar o seu espaço no empreendedorismo. Continue Lendo!

Dica #1: Estude extensivamente o mercado antes de abrir seu primeiro negócio

Você certamente já deve saber que a maioria dos novos negócios quebra logo nos primeiros anos de “vida”. Apesar dessa “quebra” acontecer por várias razões diferentes, um estudo minucioso do mercado antes de abrir o seu negócio pode eliminar consideravelmente as chances do seu negocio falir de maneira precoce.

Faça um estudo dos seus concorrentes, faça um estudo dos seus diferenciais e comece a validar a sua ideia no “mundo real”. Abrir seu primeiro negócio sem esse estudo pode ser uma verdadeira enrascada!

Dica #2: Tenha um plano de negócios

Assim como o estudo de mercado é importante, o plano de negócios também é. Somente essas duas primeiras dicas vão garantir que os riscos de abrir seu primeiro negócio sejam reduzidos consideravelmente.

No seu plano de negócios coloque todos os passos que você deve dar para abrir a sua primeira empresa. Após a definição de todos esses passos ( apontando também as dificuldades e as várias alternativas que você pode ter ), comece a definir objetivos e metas para alcançar o  “break even” ( equilíbrio financeiro )  da sua empresa.

Lembre-se de ter o pé no chão e faze uma previsão pautada na validação da sua ideia e pautada em dados que devem ser levantados nessa etapa. Esses dados podem ser verificados com pequenas pesquisas até mesmo antes de você abrir seu primeiro negócio.

Dica #3: Procure por parcerias valiosas

Grandes empresas começaram com grandes parcerias. A Apple foi o produto de Steve Jobs com Steve Wozniak, o Google surgiu com a parceria de Larry Page com Sergey Brin e a Microsoft no seu início foi uma parceria de Bill Gates com Paul Allen.

Pode parecer, mas o sucesso dessas empresas não é coincidência. Todo o caminho para fundar e firmar uma empresa do zero é um verdadeiro sacrifício, e se você estiver sozinho nessa empreitada muito provavelmente você estará mais apto a desistir nas primeiras dificuldades.

Além disso, duas cabeças pensam melhor do que uma não é verdade? Procure por uma parceria antes de abrir seu primeiro negócio, sem sombra de dúvidas ela será importantíssima para você e a sua empresa.

Dica #4: Tenha capital de giro

O capital de giro é de tremenda importância para a sua empresa. Salvo em algumas circunstancias especificas, o capital de giro é o que vai ajudar você a alavancar o seu primeiro negócio.

Só lembrando que o seu capital de giro não necessariamente vai ser uma quantia altíssima. Seu capital giro pode ser apenas uma pequena quantia mensal que você mantem no “caixa” da sua empresa para fazer pequenas divulgações e qualquer outro investimento que possam gerar retorno para a sua marca.

Sem o capital de giro você estará fadado a usar o seu próprio dinheiro para essas atividades – o que na verdade, é um grande erro.

Dica #5: Não comece seu negócio com um empréstimo em bancos

Talvez o erro mais tradicional de todos. Várias pessoas que querem abrir seu primeiro negócio acreditam que só é possível abrir uma empresa com algum empréstimo bancário.

Na realidade, essa ideia não passa de um erro grotesco. O dinheiro emprestado de banco é o “dinheiro mais caro” que existe. As altíssimas taxas de juros ( principalmente no Brasil ) podem fazer que o seu negócio já comece endividado e com várias “obrigações” que podem na verdade, atrapalhar todo o seu processo de crescimento.

Atualmente com a internet é possível que você abra um negócio sem altíssimos investimentos, e inclusive, existem várias oportunidades para você iniciar uma empresa com baixíssimo custo.

Dica #6: O lucro da empresa não é o seu lucro!

Essa é uma dica fundamental para você que quer abrir seu primeiro negócio.

O dinheiro que a sua empresa ganha não necessariamente é o seu lucro. Como você já sabe, existem os custos básicos de estrutura do seu negócio, e existe o capital de giro da sua empresa ( que em tese, deve aumentar conforme o tempo para que você possa alavancar e escalar o seu negócio de maneira mais rápida ).

Mesmo você sendo empreendedor, tenha em mente que você deve estipular um salário ( pró-labore ) pelos seus serviços prestados nessa empresa.

Lembre-se que no inicio é quando o seu negócio se encontra mais fragilizado, e com uma má gestão fatalmente você abrirá falência e se tornará mais um dado estatístico.

Mantenha a sua empresa gerando capital, e mantenha o “caixa” da sua empresa com renda o suficiente para permanecer mesmo nos momentos mais difíceis – não seja um empreendedor “vampiro” do seu próprio negócio.

Dica #7: Tenha em mente o futuro

Ao abrir seu primeiro negócio você precisa ter em mente o futuro.

Quando falamos no futuro normalmente nós levamos em consideração o sucesso e as grandes possibilidades. Todavia, é importante que esse seu futuro seja planejado e gerenciado da forma correta.

O plano de negócios e o estudo de mercado devem ser sempre atualizados. Tome apenas decisões com dados concretos, e seja o mais coerente possível com as necessidades do mercado e com as suas próprias necessidades.

O futuro pode ser brilhante e também pode ser bem desesperador, se você for sensato, você se preparará para os dois casos.

Dica #8: Coloque o cliente em primeiro lugar

O cliente deve ser sempre a sua principal preocupação. É ele quem “financia” o seu negócio e é ele quem sempre vai exigir uma boa qualidade nos seus serviços ou produtos.

Muitos empreendedores ao abrir seu primeiro negócio pensam simplesmente na possibilidade de ter uma empresa de renome, ou até mesmo na possibilidade de atingir um sucesso financeiro estrondoso. Saiba que esse pensamento pode ser extremamente danoso para os seus negócios.

Ao invés de pensar no sucesso, pense no seu cliente e pense nos seus produtos. Respire a sua empresa e o propósito da mesma. O sucesso será a consequência de sempre colocar o cliente em primeiro lugar, entregando sempre a melhor qualidade possível.

Dica #9: Gere cada vez mais valor à sua marca

Quanto mais valor a sua marca gera, mais clientes você consegue. Faça de tudo para que a sua empresa tenha uma imagem positiva e interessante no mercado.

Atualmente as pessoas só fazem negócios com empresas que elas acreditam e que possuem algo em comum. Não tente ser a melhor empresa para todas as pessoas, e sim tente ser a empresa que aquele grupo específico sempre sonhou.

Dessa forma, o mercado verá o seu negócio como uma referência, e sem sombra de dúvidas isso gerará muito valor a sua marca. Ao abrir seu primeiro negócio, tenha em mente o valor da sua marca desde o inicio.

Dica #10: Acredite no sucesso!

Essa é a dica mais “abstrata” e talvez a dica mais difícil de ser colocada em prática.

Durante a vida de um empreendedor as dificuldades virão. Não importa quando, elas simplesmente estarão “na esquina” esperando por você. Essa dificuldade pode vir logo no início, momento em que você abrir seu primeiro negócio, ou pode vir a alguns anos à frente – porém, tenha certeza que ela aparecerá.

Nesses momentos é de profunda importância que você acredite no seu trabalho e no proposito do seu negócio. Quanto mais firme você estiver que você tem algo de valor para oferecer para as pessoas, mais distante você conseguirá chegar.

Se você não conseguir ver um futuro brilhante para você, certamente nenhuma outra pessoa vai. É preciso acreditar e agir para ter o sucesso que você almeja para você e para seu primeiro negócio.

Tenha um guia para te ajudar…

Essas foram às dez dicas essenciais para você que quer abrir seu primeiro negócio. Com elas você estará mais preparado para começar com o pé direito.

Porém, nós sabemos que essas dicas não são suficientes. Ainda faltam outros aspectos legais e vários outros fatores que não foram levados em consideração nesse artigo. Pensando nisso, nós criamos um Guia Completo para Abertura de Empresas para ajudar você a conquistar os seus objetivos.

Esse material é totalmente gratuito, e sem sombra de dúvidas ele pode ser bem útil para você que deseja abrir seu primeiro negócio.